terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Natal Africano

Imagem: Bruno Sersocima/Stock.xchng

Não há pinheiros nem há neve,
Nada do que é convencional,
Nada daquilo que se escreve
Ou que se diz... Mas é Natal.


Que ar abafado! A chuva banha
A terra, morna e vertical.
Plantas da flora mais estranha,
Aves da fauna tropical.

Nem luz, nem cores, nem lembranças
Da hora única e imortal.
Somente o riso das crianças
Que em toda a parte é sempre igual.

Não há pastores nem ovelhas,
Nada do que é tradicional.
As orações, porém, são velhas
E a noite é Noite de Natal.

Cabral do Nascimento

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Quer viver muito? Pergunte-lhes como

Pablo Castro/Stock.xchng

.
Um novo estudo sugere que beber moderadamente pode ser uma das chaves para uma vida mais longa, além de reunir outras dicas de algumas das pessoas mais idosas do mundo. Confira algumas das dicas para uma vida mais longa, mais saudável e mais feliz, de acordo com as pessoas que sabem do que estão falando!

Na ilha grega de Ikaria, que tem a maior proporção de pessoas acima de 90 anos em todo o mundo, as pessoas têm um hábito de beber um chá de ervas. A bebida, que é consumida várias vezes por dia, contém uma grande variedade de ervas desidratadas, como hortelã-brava, alecrim, sálvia roxa e asplênio.

Devido ao cenário montanhoso da ilha e à falta de opções de transporte, as pessoas têm que se manter ativas durante toda a vida, fazendo exercícios físicos até depois dos 80 ou 90 anos. A alimentação da ilha contém muito azeite de oliva, frutas e vegetais, além de pouquíssimas quantidades de alimentos processados ou industrializados.

Na ilha japonesa de Okinawa, é comum encontrar velhinhos com mais de 80 anos completamente saudáveis. Pesquisadores acreditam que isso se deve, em parte, à maneira com que a população da ilha se alimenta, raramente comendo demais e geralmente parando a refeição pouco antes de se sentirem saciados. A dieta dos locais se baseia em grãos, peixes e vegetais, e eles costumam ficar longe de carne, ovos e laticínios.

Já na Sardenha, na Itália, existe um enorme número de centenários. Lá, os habitantes têm o costume de beber vinho, que é muito rico em polifenóis e antioxidantes, que ajudam a impedir o envelhecimento. No Vale de Hunza, no Paquistão, as pessoas geralmente vivem mais de 90 anos. Os pesquisadores creditam esta longevidade à dieta de frutas, grãos e vegetais da população do local. Muitos dos alimentos são consumidos crus, e eles comem grandes quantidades de damascos, cerejas, uvas, ameixas e pêssegos.

Na região sul do Equador, no Vilcambamba, muitas pessoas passam dos cem anos de idade com boa saúde. Acredita-se que esta saúde se deve ao consumo da água mineral natural da região, que é completamente livre de impurezas.

Nos Estados Unidos, uma comunidade de Adventistas da Califórnia, tem uma média de vida de cerca de 5 a dez anos mais longa que os outros cidadãos da cidade. Pesquisadores acreditam que isso acontece porque estas pessoas não bebem nem fumam, e seguem uma dieta vegetariana. Além destas dicas reunidas por todo o mundo, outras pesquisas sugerem que a longevidade sempre é ligada a baixos níveis de estresse e ansiedade.

[Telegraph]

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Ecológico também na embalagem

Foto: Lilian Nakashima

Um post sobre os significados "extra-classe" das festas de final de ano renderia muito por aqui (com fé, quem sabe consigo escrevê-lo até o final de dezembro... rs). Mas, por enquanto, passo para deixar uma dica muito charmosa para dar (mais) um toque Eco às comilanças e gastanças do período: uma tradição vinda do japão e encampada com muita propriedade pela amiga Lili, jornalista multimídia e quituteira de mão cheia. Para embalar as delícias que ela prepara neste Natal, importou o Furoshiki, que substitui com vantagens as embalagens de presente tradicionais. Além de muito bonitas, podem ser reaproveitadas depois e se tornarem, elas próprias, expressão de criatividade de quem presenteia.

Além do blog da Lili, linkado aí acima, outras idéias de Furoshiki - e um passo-a-passo de como fazer alguns - podem ser encontrados também aqui. Com isso, junto-me à corrente bloguística mundial em favor da embalagem... e quem sabe até o final do ano aprendo a fazer um bonitinho também. ;)

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

E se fosse a sua casa?

video

Rápido e certeiro. :)